Investimentos: como fazer seu dinheiro render em tempos de crise

0

Por: Rogério Araujo

A recente crise política vivida no Brasil chega para agravar o cenário econômico, que já não estava indo muito bem, com uma taxa de desemprego em 14,7%, inflação perto dos 10% e desvalorização do Real. A instabilidade política e econômica coloca o mercado em turbulência, afasta os grandes investimentos no país e gera insegurança entre os pequenos investidores. Será que é hora de investir?

Desconfiados e com receio de perder suas economias, muitos preferem não arriscar e deixam de investir. Um comportamento compreensível e natural considerando o histórico de altos e baixos do país. Mas ao optar por simplesmente guardar o dinheiro, para protegê-lo, há o risco de perder dinheiro para inflação.

Qual a saída?
Primeiro é preciso desconstruir esta imagem de que em tempos de crise não é hora de investir. Ao entender como funciona o mercado financeiro, as opções de investimentos e suas características, você vai descobrir que é possível sim multiplicar o seu dinheiro mesmo em momentos de crise.
O aumento da taxa de juros é um mecanismo utilizado para conter a inflação, a grande vilã das crises econômicas. E é esta alta dos juros que torna o mercado de renda fixa mais atrativo. Quando a taxa Selic aumenta, os investidores em renda fixa, como CDBs, tendem a ganhar mais.
As ações são outra boa opção de investimento em tempos de crise. Quando o mercado está inquieto, nem todos os investidores têm o sangue frio para aguardar a situação melhorar e acabam vendendo seus ativos a preços mais baixos.

É o momento de investir.

Mas lembre-se que ao investir na Bolsa quando o mercado está em baixa é preciso ter paciência e aguardar a economia melhorar para ter o retorno das suas aplicações.
Investir em dólar também pode ser uma boa opção, desde que a projeção de alta em relação ao Real se mantenha.
Você planeja comprar um imóvel? Saiba que há grandes oportunidades no mercado imobiliário por conta dos estoques de imóveis novos em alta. Para diminuir os estoques, as incorporadoras tendem a oferecer descontos mais vantajosos.
É sempre bom lembrar que tão importante quanto entender as opções de investimentos que o mercado oferece, é conhecer o seu perfil investidor. Suas aplicações devem estar alinhadas com o seu perfil investidor para evitar frustrações e riscos inesperados.

Nem todos os investidores, em especial os iniciantes, estão preparados financeira e psicologicamente para os imprevistos do mercado.

 

Fonte: Roar Educacional

 

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.