Morre enfermeira Monique Fernandes, coordenadora do Ambulatório de HIV/AIDS e importante liderança LGBTQIA+ de Lorena/SP

0

Morreu neste domingo (1º), a enfermeira Monique Fernandes, servidora municipal da cidade de Lorena/SP por complicações pelo uso do silicone industrial. Monique ocupava o cargo de Coordenadora do Ambulatório de HIV/AIDS/Hepatites virais e outras ISTs. Estava afastada do trabalho desde 2020 e vinha recebendo cuidados paliativos por conta do material injetado ainda na sua adolescência.

 

Mulher Trans, corajosa e carismática. Conquistou respeito e garantiu seu espaço. Era reconhecida por onde passasse dado ao seu excelente trabalho, que era realizado com técnica, respeito, pautada na ciência da profissão, aliado sempre ao incomparável bom humor.

 

Lutou em prol da população LGBTQIA+, das pessoas que vivem com HIV e dos acometidos pela AIDS. Acolheu, acima de tudo, em seu consultório de enfermagem, seres humanos e fez de pacientes, seus amigos.

 

Monique fez parte do Coletivo MAAJU (Movimento De Apoio E Acolhimento De Juventudes LGBTPQIA+), deixa um brilhante e memorável legado por seus incontáveis feitos pela saúde de Lorena e especialmente para a comunidade ao qual pertenceu e sempre será lembrada.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.