III Fórum de Saberes Artesanais de Ubatuba acontecerá de agosto a outubro

0

Em sua 3ª Edição o Fórum de Saberes Artesanais terá como foco principal a acessibilidade

De agosto a outubro, será realizado o III FÓRUM DE SABERES ARTESANAIS, contemplado pelo Prêmio PROAC 32/2020, com apoio da prefeitura e secretarias da cidade. Abordará temas como o impacto gerado pela pandemia de COVID-19, identidade cultural e regional, ferramentas on-line e a reinvenção da promoção do artesanato no isolamento social. As temáticas serão em torno do saber artesanal e, terão como diferencial, ações com foco na acessibilidade e produção de Podcasts.

Nesta edição, a programação será de forma híbrida: remotamente de agosto a outubro e presencialmente, no antigo Terminal Turístico do Perequê Açu, em Ubatuba, de 28 a 31 de outubro de 2021, com as oficinas, vivências, e mesas redondas, como de costume, e também oferecerá oportunidades aos artesãos para exposição de seu material.

A grande novidade será a I Mostra de Saberes Artesanais do Litoral Norte, que chega com o objetivo de apontar que o artesanato não deve ser visto apenas como artigo de feiras, e sim, valorizado como um bem cultural e artístico.

A coordenadora e idealizadora do projeto, Carolina Labarca, acredita na necessidade de integrar todas as pessoas interessadas. “Vivemos em um mundo de diversidade, não há espaço para exclusão”. Pensando nisso e em uma forma de alcançar a todos, as atividades contarão com tradução em libras, audiodescrição, legendas (para transmissões online). A comunicação visual dos sites e redes sociais foram pensadas com cuidado para atender pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Pensando no fortalecimento da individualidade e autoestima, pessoas com TEA, PcD, mulheres e povos originários terão prioridade de inscrição para oficineires, expositores, mostras e vivências.

 

Os editais de chamamento e demais informações serão divulgados no site https://saberesartesanais.com.br/ e nas páginas do Facebook (https://www.facebook.com/forumsaberesartesanais/) e Instagram  do Fórum (https://www.instagram.com/forumsaberesartesanais/), ainda no mês de julho.

É o momento de superar a ideia de que existe um padrão que representa a normalidade, pensar na melhor forma de adesão ao conhecimento e informação. “Precisamos dar voz de fala a quem não tem fala”, conclui a coordenadora.

O FÓRUM tem como objetivo coordenar e desenvolver atividades que visem valorizar o artesão do litoral norte, elevando o seu nível cultural, profissional, social e econômico, promovendo a empresa artesanal, no entendimento de que a mesma é empreendedorismo, sinalizando que a utilização do saber tradicional manual está desencadeando o design contemporâneo.

 

Fonte: Fundart

 

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.