Teleodontologia: conheça mais sobre essa modalidade

0

Por: Gabriel Paladino

 

As medidas a serem tomadas para uma boa saúde bucal dependem, principalmente, das práticas diárias adotadas, porém, para mais controle da condição da cavidade, qualidade da mucosa e saúde, o apoio de um profissional é de suma importância. Com isso, surgem outras modalidades e suportes para promover o acesso aos diferentes públicos e necessidades, como é o caso da teleodontologia.

O que é teleodontologia?

É entendido como teleodontologia a prática de da consulta/suporte para a saúde bucal mediada por ferramentas tecnológicas digitais. Com isso, ela é usada para fins de assistência, preservação, prevenção, manutenção e prevenção da saúde bucal.

 

Em prática, é como se fosse um atendimento normal e presencial, porém e, principalmente, com o agravo do covid-19, tal prática tornou-se mais discutida pela sua praticidade e pelo seu fácil acesso, reduzindo o número de pacientes no consultório quando não há necessidade de tratamento e visualização presencial da condição oral.

 

Nesse sentido, é interessante complementar que a teleodontologia tem de ser realizada de forma “síncrona”. Ou seja, ela só pode ser feita se o paciente já tiver feito algum atendimento presencial na clínica, sendo uma medida complementar.

 

Do mesmo modo, na identificação feita de forma online, pode ser apontada a necessidade de marcar uma consulta presencial para realizar algum tratamento.

 

Nesse sentido, se tornou conveniente incentivar e facilitar o paciente a procurar por um plano odontologico mais acessível para promover a facilidade nesses processos de atendimento, principalmente porque os convênios promovem e facilitam a teleodontologia.

Divisões da teleodontologia

Existem algumas divisões da teleodontologia que precisam ser discutidas. Na prática, ela pode ser dividida em mais cinco ramificações, sendo elas:

 

  • Teleconsulta;
  • Teleprescrição;
  • Tele interconsulta;
  • Tele monitoramento;
  • Tele orientação.

 

Isso tem ganhado ainda mais força nos últimos tempos, principalmente em situações decorrentes do aumento de casos de covid-19, tornando-se cada vez mais presente em odonto empresarial e clínicas particulares.

 

Confira a seguir o que é exatamente cada uma dessas subdivisões.

  1. Teleconsulta

A teleconsulta, que ainda é vedada na odontologia, consiste na realização da anamnese – primeira consulta avaliativa e entrevista conduzida pelo médico -, para diagnóstico e planejamento para novos pacientes.

 

  1. Tele prescrição

Consiste na prescrição da receita a distância. Esse modelo de consulta também não era permitido até pouco tempo.

 

Isso porque não existiam plataformas virtuais que pudessem assegurar a assinatura dos profissionais, porém, em dezembro de 2020, o Conselho Federal de Odontologia (CFO) disponibilizou um portal sobre o assunto, permitindo que esse atendimento fosse realizado.

 

  1. Tele interconsulta

É a interação e a troca de informações entre os profissionais da área e vinculados a uma mesma rede, como é o caso de profissionais de plano dental coletivo empresarial, a fim de realizar um planejamento mais detalhado e proporcionar uma melhor assistência ao paciente.

 

  1. Tele monitoramento

É o acompanhamento à distância dos pacientes que já estão sendo tratadas, no espaço entre as consultas, necessitando de um registro pontual de qualquer alteração, passar novas orientações ou mesmo para avaliar o andamento do uso de um corretivo, como nos alinhadores móveis.

 

  1. Tele orientação

Ação realizada pelo dentista, com objetivo de identificar, por meio de um formulário realizado antes do atendimento, o melhor momento para um atendimento presencial e sanar dúvidas do paciente.

Vantagens da teleodontologia

Para que essa mudança tão importante no atendimento ocorra de forma correta, segura e cada vez mais eficiente, alguns cuidados foram necessários e seus benefícios precisaram ser identificados para justificar a adesão.

 

Assim, é interessante ressaltar as vantagens que a teleodontologia proporciona aos pacientes e para os profissionais de convenio odontologico, como:

 

  • Redução de custo;
  • Otimização de tempo;
  • Acesso facilitado e ágil;
  • Melhor controle de agenda e de atendimentos urgentes;
  • Mais conveniente para o paciente, principalmente quando reside longe dos centros urbanos.

Importância da teleodontologia

Depois de compreender o que é e qual o papel da teleodontologia, bem como suas vantagens, é preciso ressaltar sua importância no contexto atual.

 

A implementação da teleodontologia é imprescindível no momento atual e, por mais que seja um assunto já discutido há algum tempo por facilitar e democratizar os atendimentos, é um recurso ainda mais importante para a redução da proliferação do Coronavírus, reduzindo o fluxo de pacientes em clínicas odontológicas e médicas.

 

Além disso, o serviço proporciona que mais pessoas tenham acesso a profissionais capacitados para os cuidados odontológicos, tendo uma manutenção bucal adequada.

 

Vale constar que as consultas e as fichas clínicas dos pacientes podem ser enviadas/acessadas remotamente, otimizando ainda mais o atendimento e reduzindo o uso do papel.

 

Do mesmo modo, a comunicação pode ser feita de forma digital, como e-mail, mensagem ou por uma plataforma social para a confirmação das consultas de um plano dental para MEI.

 

Por fim, é importante destacar que essa é uma evolução importante, mas para que a ferramenta seja bem utilizada, é interessante que os profissionais e pacientes tenham conhecimento sobre seu uso.

          Fonte:  Qualivida Online

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.