Por que frequentar o dentista regularmente?

0

Por: Gabriel Paladino – gabriel.paladino@qualividaonline.com.br

 

O hábito de frequentar o dentista regularmente é tão necessário para a manutenção do bem-estar dos pacientes, quanto é vantajoso para o tratamento a longo prazo.

Inclusive, essa é a melhor maneira de prevenir o surgimento de doenças e melhorar as técnicas de higiene que mantém a integridade dos dentes.

Além disso, nos últimos anos houve um aumento significativo na procura por tratamentos estéticos, como o clareamento dental. Isso demonstra uma crescente preocupação dos brasileiros com a aparência do sorriso.

Contudo, esse tipo de melhoria estética depende diretamente da condição e da qualidade da saúde bucal, bem como das estruturas de sustentação dentária como um todo.

Por isso, para que os pacientes possam conquistar sorrisos ainda mais bonitos, é preciso ter atenção com a frequência das consultas com o dentista.

Qual a importância de ir ao dentista frequentemente?

As pessoas que utilizam o aparelho ortodôntico têm o costume de frequentar o dentista, ao menos, uma vez por mês. Essa visita é extremamente necessária para a execução das manutenções e para garantir a efetividade do tratamento de reorganização dental.

No entanto, a importância de realizar essas consultas vai muito além da efetivação de procedimentos estéticos, como o aparelho de dente.

Essas visitas também evitam o aparecimento de doenças, facilitam o diagnóstico precoce de quadros graves e ainda reforçam a limpeza de toda a cavidade oral.

Mesmo assim, uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em setembro de 2020, indica que ao menos 50% de toda a população não tem o costume de fazer o acompanhamento odontológico com a periodicidade indicada, de uma vez a cada seis meses.

Acredita-se que isso se deva a diversos fatores, entre eles a crença de que o cuidado com a saúde bucal está relacionada exclusivamente a cosmética, ao medo de ambientes hospitalares e das ferramentas utilizadas pelos dentistas.

Outro motivo que tende a impactar na realização de consultas é o desconhecimento do direito ao atendimento pelo sistema público de saúde (SUS), ou desconhecimento da importância e possibilidades do atendimento.

Contudo, além de ser importante e altamente recomendado por todos os médicos, essa visita regular pode apresentar diversas vantagens para o paciente.

Vantagens de fazer visitas mais constantes

No decorrer das consultas, o dentista irá examinar toda a cavidade oral, inspecionando minuciosamente toda estrutura dental e as gengivas.

Além disso, ele avaliará as lesões nos tecidos moles – como a língua, bochechas, céu e assoalho da boca –, na procura por doenças que podem ameaçar a saúde e a qualidade de vida do paciente.

Esses cuidados regulares resultam em diversos benefícios para o paciente, tais quais:

  • Prevenção de doenças

Além da procura por anormalidades, o dentista também pode realizar a limpeza profunda dos dentes para a remoção da placa bacteriana e da formação do tártaro, que não pode ser removida durante a escovação.

Esse cuidado extra garante a prevenção da formação de cáries, doenças inflamatórias gengivais, dores e sangramentos, e ainda previne o surgimento de situações que podem ser bastante constrangedoras, como a halitose.

  • Evita o espalhamento das bactérias orais

As infecções gengivais, como não causam muito desconforto além do momento da escovação ou mastigação, às vezes podem parecer inofensivas para muitos pacientes. Mas esse tipo de doença é uma das principais responsáveis pela perda dentária.

Além disso, os microrganismos responsáveis por essas inflamações podem ainda infiltrar o sistema sanguíneo da região e se espalhar por todos os órgãos do corpo, formando colônias em qualquer tecido e sendo o estopim para doenças sistêmicas.

Para se ter uma ideia, as bactérias periodontais são responsáveis por patologias como:

  • Enfermidades cardiovasculares;
  • Problemas gastrointestinais;
  • Aumento na tendência ao desenvolvimento do Alzheimer;
  • Indução do parto prematuro;
  • Problemas no sistema respiratório.

Devido a gravidade dessas situações, os médicos indicam o tratamento precoce como a melhor forma de evitar essas ocorrências.

  • Evita a perda dentária

A aplicação do implante dentário é feita para substituir a perda de um ou mais dentes. Esses dentes podem ser comprometidos, principalmente, devido ao surgimento de cáries e periodontites não cuidadas adequadamente.

Com a avaliação profissional constante, o médico pode evitar o comprometimento das estruturas e até impedir a necessidade do uso de próteses dentárias durante a terceira idade.

  • Melhora a aparência dos dentes e do sorriso

Dentes fortes e saudáveis são naturalmente mais bonitos. Mas caso o paciente tenha interesse em aplicar a lente de contato dental ou outros tipos de tratamentos cosméticos, o dentista precisará ter certeza da integridade dentária antes do início do processo.

Por isso, a realização de tratamentos de beleza realizados por bons profissionais, também garantem a saúde e a beleza dos dentes e vice-versa, trazendo mais qualidade à dentição e saúde geral.

Fonte:  Qualivida Online

 

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.