Jundiaí amplia atendimento especializado em 500% com telemedicina

0

A Prefeitura de Jundiaí avança com a inserção da tecnologia nos serviços à população. Desta vez, a inclusão da Telemedicina de Especialidades e o Telediagnóstico nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) passa a ser realizada na rede de Atenção Básica. O sistema de ‘cidade inteligente’ incrementa em até 500% a oferta do atendimento especializado para a população sem a necessidade de se deslocar do bairro onde mora.

A implantação do sistema está em andamento em toda a rede de Atenção Básica da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS). Ao todo, serão oferecidas 2,6 mil consultas com médicos especialistas realizadas juntamente com o médico do paciente diretamente na unidade de saúde via conexão virtual. Ou seja, serão dois médicos avaliando o paciente. O investimento é de R$ 199.950,00 por mês, com atendimento a 10 especialidades. A oferta acrescenta até 500% em número de consultas com especialistas na rede por mês, além de facilitar o acesso da população e buscar a redução no absenteísmo.

“Jundiaí é uma cidade que tem a Saúde como um dos destaques no cenário nacional. Investir em eficiência e resolutividade para a população é proporcionar mais qualidade de vida para o morador. Ao longo dos anos, a administração tem investido para promover Jundiaí para as primeiras colocações entre as cidades inteligentes brasileiras. A inclusão da tecnologia no atendimento médico é mais um passo sentido à Smart City”, avalia o prefeito Luiz Fernando Machado.

Atendimento ao paciente é realizado por uma junta médica, composta por médico da UBS e especialista, conectado via internet

O cronograma de implantação prevê que todas as 35 UBSs da cidade estejam com o serviço implantado e em funcionamento até o final do mês de julho.

“Iniciamos no ano passado a inserção da tecnologia de teleconsulta e telemedicina a partir da pandemia do Novo Coronavírus. Os resultados positivos aceleraram o processo, que adequa a rede de Saúde pública às necessidades e às peculiaridades exigidas pelo momento. Os avanços ainda englobam exames de eletrocardiograma realizados na UBS e laudados via sistema remoto, em menos de 15 minutos”, adianta o gestor da UGPS, Tiago Texera.

Fonte: Prefeitura Municipal de Jundiaí

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.