É possível ser Trader sem medo de perder tudo no Mercado Financeiro?

0

O educador financeiro Rogério Araújo conta como ser um Trader e ganhar dinheiro na bolsa sem medo de falir.

Saiba o que é um Trader e como evitar o medo de perder tudo.

O medo de investir na Bolsa de Valores é muito comum e isso tem um motivo. As estatísticas mostram que boa parte dos brasileiros que assumem este risco, acabam se dando mal nos rendimentos. De acordo com dados da B3, empresa responsável pela operação da bolsa de valores no Brasil, apenas 3 milhões de brasileiros investem na renda variável, como pessoa física. Isso representa um pouco mais de 1% da população do país. Quando o assunto é Day Trade, os números são alarmantes.

Mas é, sim, possível ter sucesso com os investimentos de renda variável no Mercado Financeiro. Rogério Araújo, CEO da ROAR Educacional, explica como ter sucesso neste tipo de investimento.

Rogério Araújo é CEO na ROAR EDUCACIONAL Foto: Divulgação

 

Entrevista com Rogério Araujo sobre Trader

Quais são os tipos de Trader?

A diferença entre os Traders está nas modalidades de operações ou de pessoas e métodos para se trabalhar no Mercado Financeiro. O conhecido como Holder, ou “segurador” é aquele que compra, e que não vende. Ele segura.

Esta é uma posição de pessoas muito famosas, por exemplo, no Mercado, como Luiz Barsi no Brasil e Warren Buffet nos Estados Unidos. São investidores que compram ações e não as vendem, porque se posicionam como donos dessas operações. Tornando-se donos dessas empresas.

O outro tipo é aquele investidor de médio prazo, que é conhecido como o aplicador em ações, aquele que aplica, o famoso Buy and Bold. É o investidor de curto prazo. Aquela pessoa que faz especulação na Bolsa em um prazo de 2 anos, no máximo. O objetivo é aproveitar as oportunidades de mercado. Um exemplo: pessoas que entraram comprando ações em abril, maio de 2020 e aí venderam essas ações em janeiro de 2021.

Por fim, existem os Day Traders, que são os especuladores de curtíssimo prazo, que entram fazendo pequenas apostas durante o dia. O objetivo é pegar oscilações muito pequenas e, através destas pequenas mudanças que acontecem diariamente no Mercado, o profissional gera receita.

Todos estes mecanismos são realizados por especialistas e também por amadores. A diferença é que os profissionais sabem e entendem o que estão fazendo. Eles fazem gestão, um planejamento das suas operações. Entendendo a questão do risco e controlando tudo isso com muita maestria e com qualidade.

Já os amadores não entendem de risco e acabam sendo o alimento do Mercado. Isso porque eles seguem analistas de corretoras, ditos especialistas e até influencers da Internet. Com isso, acabam alimentando o Mercado com o seu dinheiro, além de alimentarem também as estatísticas da Fundação Getúlio Vargas e da CVM (Comissão de Valores Imobiliários). Estima-se que os “amadores” tenham deixado 1 bilhão de reais no mercado, na mesa. Esse dinheiro foi para os profissionais, os especialistas e corretoras.

O que é recomendado para um Trader iniciante?

Primeiro: que estudem! Que ele faça cursos, que entenda e não siga estes influenciadores e ditos analistas que, muitas das vezes, são bancados por corretoras e que não têm nenhuma especialização em Mercado Financeiro e não conhecem, em profundidade, serviços ou produtos do Mercado Financeiro.

Não vá atrás de quem se diz o suprassumo do Mercado e que se qualifica como o “Master” de tudo. É necessário treinamento e conhecimento com qualidade. É possível achar na Internet? Sim! Vai ter que pagar por este conhecimento? Não! Existe conhecimento deste tipo disponível gratuitamente na Internet e muitos são de alta qualidade. Nós, por exemplo, fornecemos o “Curso Avançado para Iniciantes” e o “Fractal 3*5*8”. Ambos no nosso site rogerioaraujo.com.br.

Neste quesito é necessário que o investidor iniciante fuja, principalmente, de seguir operações com os ditos especialistas e analistas. São essas pessoas que acabam levando os amadores para a perda de dinheiro.

Qual a melhor forma de ter mais segurança e consciência nas operações?

Conhecimento! O primeiro passo é entender que Bolsa de Valores não é feita apenas de especulação. Saiba que é necessário o conhecimento, estrutura e planejamento financeiro. Desta forma, esta pessoa consegue identificar por conta própria as estruturas necessárias para proteger sua carteira de investimento e para controlar o risco. Sabendo exatamente quanto risco esta pessoa pode correr para ganhar dinheiro no Mercado Financeiro.

Para ganhar dinheiro de verdade na Bolsa de Valores, não precisa correr muito risco. Precisa entender e planejar com perfeição o caminho. Desta forma, fica fácil de chegar no objetivo de ganhar dinheiro na Bolsa.

Existem empresas e/ou aplicativos mais seguros?

O que os operadores devem procurar de conhecimento são pessoas que, de fato, vivenciaram o famoso “chão de bolsa” e operadores de Bolsa de Valores, verdadeiros conhecedores do sistema operacional e estratégias realizadas pelas corretoras e grandes bancos.

Vou deixar a modéstia de lado (risos) e dizer que existe uma empresa segura para aprender: a ROAR Educacional. Vantagem da ROAR: são 26 anos de experiência do fundador em Mercado Financeiro. Foram décadas de conhecimento específico e conhecimento aplicado no Mercado.

_____________________________
Por Felipe Reis – Fala! Anhembi

Fonte: FalaUniversidades

 

 

 

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.