Organização previne pesca ilegal ao redor do mundo com Microsoft AI

0

Por Microsoft

04/03/2020

Ocean Mind utiliza inteligência artificial para ajudar autoridades costeiras na interceptação de embarcações irregulares

Com a ajuda da Inteligência Artificial Microsoft, uma organização sem fins lucrativos localizada na pequena cidade de Didcot, na Inglaterra, tem colaborado para o controle da pesca ilegal ao redor do mundo.

A ONG britânica Ocean Mind, desenvolveu um sistema para monitorar as atividades de milhares de barcos diariamente. Para isso, a instituição coleta dados de diversas fontes, como imagens de radar, satélites, sinais de telefonia celular e transponders.

No entanto, a análise de uma quantidade tão grande de informações em tempo hábil é uma tarefa impossível para o cérebro humano. É aí que entra o papel da inteligência artificial. Por meio de algoritmos de Machine Learning, a organização consegue identificar atividades ilegais, como a pesca muito perto da costa, com base na localização e na movimentação das embarcações.

A partir dos alertas emitidos pelo sistema, especialistas em pesca da Ocean Mind analisam as imagens e, se confirmada a suspeita, notificam as autoridades do país em cujo espaço marinho o crime ocorre e recomendam ações de contenção.

Mais agilidade na Nuvem

A Ocean Mind migrou seu sistema de análise de dados ao Azure, a Nuvem da Microsoft, permitindo o rastreamento próximo do tempo real. Essa agilidade é essencial para garantir colaborações de sucesso entre a organização e as autoridades costeiras.

Foi desta maneira que, no fim de 2019, a organização ajudou a Marinha da Tailândia a interceptar o Uthaiwan, uma das mais procuradas embarcações irregulares do mundo, que usava diferentes nomes e bandeiras para evitar a detecção pelas guardas costeiras de diversos países.

Esse tipo de ação pode ajudar a prevenir a pesca predatória, que representa uma ameaça à biodiversidade marinha, por extrair espécimes dos oceanos em velocidade maior do que a natureza consegue repor.

Um colapso nos estoques de peixe e a falha em garantir uma pesca sustentável nos levaria a uma crise de segurança alimentar, que resultaria no aumento da pobreza ao redor do mundo”

– Nick Wise, CEO da Ocean Mind.

Fonte: tilt

 

What do you want to do ?

New mail

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.