Prefeitura orienta sobre procedimentos em relação ao coronavírus

0

A supervisão da Vigilância em Saúde da Prefeitura de Ubatuba informa que, até a manhã da quinta-feira, 12 de março, não havia nenhum caso notificado de suspeita de infecção por coronavírus no município.

A cidade tem um plano de contingência que segue as orientações preconizadas pelo Ministério da Saúde. O planto tem sido um dos focos da capacitação que a Vigilância em Saúde vem realizando desde o início de março envolvendo tanto médicos e enfermeiros, quanto motoristas, técnicos de enfermagem, agentes de controle de endemias e agentes comunitários de saúde, toda a equipe de profissionais da Vigilância em Saúde, profissionais da Santa Casa, dos pronto-atendimentos e do NASF-AB. Nesta quinta-feira, 12, as capacitações acontecem na Escola Muncipal Padre Anchieta.

Protocolo de atendimento

Os sintomas da COVID-19, doença provocada pelo coronavírus, são parecidos com os da gripe e incluem febre, tosse, dificuldade para respirar, catarro, cansaço ou fraqueza. Caso apareçam, o paciente deve procurar uma unidade de saúde (posto, pronto atendimento ou Santa Casa) para avaliação médica.

Se for considerado suspeito para COVID-19, o médico vai definir se o paciente deverá será mantido em isolamento domiciliar ou hospitalar. A medida é necessária porque a transmissão é muito rápida. A coleta para o exame é feita pela Vigilância em Saúde na casa do paciente ou pela Santa Casa a pedido médico, caso o paciente esteja internado ou tenha sido atendido no hospital. O material recolhido é então enviado para o Instituto Adolfo Lutz (IAL) para a análise.

O paciente em isolamento domiciliar é acompanhado pela equipe de Estratégia de Saúde da Família, que monitora seu estado clínico e verifica se as medidas de prevenção e higiene estão sendo devidamente cumpridas. Em caso de piora de seu quadro, a equipe de saúde define para qual serviço ele deve ser encaminhado, se para a unidade básica ou se removido para hospital, em área de isolamento.

O tratamento é sintomático, ou seja, conforme vão aparecendo sintomas (febre, pneumonia etc.) Se o caso for mais grave, o paciente é transferido para uma UTI fora de Ubatuba.

Conforme o protocolo do Ministério da Saúde adotado em todo o país, a técnica de exame aceita para detecção do coronavírus se chama RTPCR e a coleta deve ser sempre feita via unidades do Sistema Único de Saúde (postos da atenção básica ou Vigilância em Saúde, no caso de Ubatuba) e enviada para o IAL. No momento, os resultados são divulgados em cerca de 7 dias.

Medidas de prevenção

A supervisão de Vigilância em Saúde explica que é muito importante manter medidas de higiene e de prevenção para evitar a transmissão do vírus, entre elas:

– Lavar muito bem as mãos e evitar tocar no nariz, boca ou olhos

– Não compartilhar objetos de uso pessoal (copos, talheres, pratos, entre outros)

– Desinfetar móveis, cadeiras, equipamentos eletrônicos como controle remotos, teclados e telefones

– Evitar aglomerações

– Manter isolamento

– Beber muito líquido

– Ficar em repouso

– Colocar o antebraço na frente de nariz e boca ao espirrar

– Usar lenço descartável para higiene nasal

– Manter ambientes arejados

A Vigilância em Saúde também orienta a não compartilhar pelas redes sociais informações sobre a doença que não tenham procedência definida ou que não sejam oficiais.

What do you want to do ?

New mail

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.